26 de Janeiro de 2020 às 15:18 FONTE: Equipe

Confere o que rolou ontem Programa Gás Total

Image

Foto: Reprodução

 

Cassandra neste sábado (25/01), falou que STF derruba ação popular e mantém proibição de “cura gay” no Brasil, também que série da Apple TV com personagem refugiado gay é censurada em 10 países árabes e na Rússia e por último que maquiador 25 anos é decapitado e cabeça é encontrada a 50 metros do corpo.

Confere o que mais rolou no programa:

STF derruba ação popular e mantém proibição de “cura gay” no Brasil

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta terça-feira (21), derrubar a ação popular movida por um grupo de psicólogos que defende a terapia de conversão, a famosa “cura gay“.

Desta forma, o STF manteve a Resolução do Conselho Federal de Psicologia nº 01/99, que aponta que não cabe a profissionais da área oferecer qualquer tipo de prática com o objetivo de “reversão sexual”.

A ação foi movida por um grupo de psicólogos, alinhados a questões religiosas, que pedia a anulação da decisão de Cármen Lúcia, que aconteceu em 2019. A ministra concedeu uma liminar cassando a decisão de um juiz que permitiu a prática no Brasil.

A decisão polêmica ocorreu em 2017 e foi concedida pelo juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, de Brasília. Na época, o magistrado determinou que os profissionais não poderiam oferecer tratamento, mas sim “prestar auxílio”.

Através de uma publicação no Instagram, o Conselho Federal de Psicologia se pronunciou sobre o caso e celebrou o embargo da ministra. “Vitória da Psicologia. Vitória da diversidade”, disse.

Fonte: Observatório G

 

Série da Apple TV com personagem refugiado gay é censurada em 10 países árabes e na Rússia

Disponível pelo streaming Apple TV+, a série de sucesso “Little America” acaba de ser banida em 11 países árabes e na Rússia. O motivo?! Por conter um personagem refugiado gay no oitavo e último episódio da primeira temporada, “The Son”.

O episódio em questão conta a história de Rafiq, que vai para os Estados Unidos em busca de um refúgio após a família não aceitar sua sexualidade. Antes mesmo do boicote, o filme já sofreu com as restrições do presidente Donald Trump, que restringiu a entrada de refugiados e imigrantes no país. As filmagens do episódio precisaram ser gravadas no Canadá devido às medidas.

O corroteirista Amrou Al-Kadhi, se posicionou sobre o caso no Twitter. “Esta é a dura realidade de fazer trabalho árabe queer. O banimento de Trump nos fez filmar isso fora da América. E agora nosso episódio Little America foi banido em 11 países. Sentimos muito – por favor, saiba que estamos trabalhando duro para encontrar um jeito de levá-lo a você”, disse ele.

Fonte: Pheeno

 

Maquiador 25 anos é decapitado e cabeça é encontrada a 50 metros do corpo

Um homem de 25 anos foi assassinado e decapitado, em Moreno, no Grande Recife. De acordo com a Polícia Civil, a cabeça da vítima, o maquiador e cabeleireiro Antonio Henrique de Deus, estava a cerca de 50 metros de distância do corpo. A corporação informou que uma mulher, suspeita de envolvimento no crime, foi presa em flagrante.

O crime aconteceu na madrugada desta terça-feira (21/01), na comunidade do Xingu, no Centro da cidade. A polícia informou que o corpo da vítima apresentava ferimentos produzidos “provavelmente” por uma arma branca. A mulher, Bárbara Myrelle Nunes Santos, de 22 anos, foi presa nesta terça por uma equipe da Força-Tarefa de Homicídios da Região Metropolitana Sul. De acordo com a polícia, a mulher confessou que atraiu a vítima até o local do crime dizendo que iam consumir drogas. Segundo ela, três homens participaram do crime e deram 59 facadas na vítima.

“Henrique era usuário de drogas, não escondia isso, mas não tinha envolvimento com tráfico. Ele trabalhava, ele se mantinha. Não acredito que foi questão de droga. Foi de uma violência muito grande, uma crueldade muito grande”, disse a comerciante Ana Paula de Deus, tia da vítima, ao G1. Para Ana Paula, o maquiador pode ter sido vítima de homofobia. “Eu acredito que sim, não tenho certeza, mas acredito. Vou vir atrás, vou querer saber se o motivo foi esse [homofobia]”, afirmou. Outra hipótese, segundo a família, seria ciúme de um ex-namorado.

As investigações do assassinato, informou a polícia, serão realizadas por Cláudio Neto, delegado da 13ª Delegacia de Polícia de Homicídios (DPH), do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Fonte: Pheeno

 

Ouça agora o programa inteirinho!

 

Cassandra apresenta todos os Sábados às 15hs o Programa Gás Total na Radio Tributus, com muita alegria e energia positiva, informação e cobrança do poder publico pra quem mais precisa durante 3 horas de programa.

 

 

Image